Posso criar meus websites sozinho?

Posso criar meus websites sozinho?

[INSERT_ELEMENTOR id=”95″]

Desejamos te dar mais algumas dicas que podem te ajudar na sua jornada de sucesso online.

Muitas das perguntas que alguém se faz na hora da construção de um site estão relacionadas ao assunto orçamento. Assim, muitas pessoas se perguntam se conseguiriam fazer um site sozinhas e economizar neste processo.

Há alguns fatores que devem ser levados em consideração quando se levanta este questionamento:

1. Dificuldade: o seu projeto tem um complexo grau de dificuldade para ser implantado?

2. Tempo: qual o prazo que você precisa e quanto tempo você tem disponível para esse projeto?

3. Habilidade: minhas habilidades convergem com este tipo de projeto?

4. Disposição para aprendizado: você está disposto a aprender novas habilidades para desenvolver esse projeto, se for o caso?

Se a complexidade é baixa, você possui tempo e vontade incrível de fazer acontecer, você poder tentar fazer sozinho.

Se não conseguir combinar todas estas variáveis, provavelmente você deverá recorrer a um webdesigner ou agência de desenvolvimento de sites.

A boa notícia é que hoje você encontra diversas plataformas de freelancers que desenvolvem sites a preços bastante competitivos.

Naturalmente, se você for colocar no ar um e-commerce ou um site que necessite ter uma identidade visual bem aprimorada ou integrações com outros sistemas, é interessante pensar em buscar ajuda profissional. Afinal, quanto mais complexo o projeto, maior terá que ser o grau de qualificação do profissional que você vai contratar.

Em nosso blog você pode conferir dicas para tirar definitivamente seu projeto do papel!

Como criar uma Chave de API para YouTube

Como criar uma Chave de API para YouTube

Como criar uma Chave de API para YouTube

A Chave de API para YouTube é um código único que permite a criação de aplicativos para o YouTube.
Porque criar um aplicativo para o YouTube?
Se você tem um canal no YouTube e deseja mostrar os últimos vídeos que publicou em seu canal, no seu site/blog, você precisa criar o aplicativo e ter uma Chave de API.
Irei explicar como você pode configurar o projeto/aplicativo e pegar a chave de API para usar em um widget no WordPress ou algum outro lugar que pede essa informação.

Criando o Projeto e a Chave de API

Faça login no gerenciador de API do Google, usando o mesmo acesso do seu canal no YouTube.
Ao lado da logo Google APIs clique em Project e depois em Criar projeto.

Depois de criar o projeto, ao lado da logo Google APIs clique em Project e selecione o projeto que acabou de criar.
Em seguida vá em Biblioteca / APIs para YouTube e selecione YouTube Data API.

Na página que abrir, clique em Ativar.
Após clicar ativar, vá em Credenciais.


Clique no botão Criar credenciais e então selecione a opção Chave de API.
Na janela que abrir, copie todo o código de Sua chave de API e salve em um local seguro.


Em seguida clique no botão Restringir chave.
Na página que abrir, selecione Referenciadores de HTTP (sites da Web).
E no campo que abrir abaixo, digite *.seusite.com/*
Altere seusite.com para o endereço do site/blog que irá usar essa Chave de API, sem http:// e sem www
Se quiser permitir algum outro site/blog usar sua API, digite o outro site da mesma forma *.outrosite.com/*
Depois clique em Salvar.

Então é só usar a Chave de API no widget do WordPress ou no local onde pede essa informação.
Se quiser pode deixar marcado a opção Nenhum no lugar de Referenciadores de HTTP (sites da Web).
Mas dessa forma, se alguém pegar sua Chave de API, poderá usar ela em qualquer lugar.
E dependendo de como está configurado seu domínio na sua hospedagem, talvez essa seja a única forma que você conseguirá fazer funcionar o widget no WordPress ou outro lugar que vá usar essa API.
Então tente antes usar com o “Referenciadores de HTTP (sites da Web)” ativado e o domínio configurado, se não funcionar, altere para “Nenhum”.
 

Otimizando Imagens

Otimizando Imagens

[INSERT_ELEMENTOR id=”95″]

Já repeti várias vezes, que imagens é uma das coisas que mais pesa no carregamento de uma página, mas acredito que essa é uma tecla que precisa bater sempre.

Se você fizer uma análise do seu site no PageSpeed do Google, ele sempre vai dizer pra você que tem imagens pra otimizar. Ainda não peguei um site que não tivesse isso na análise, a não ser um site que não tem praticamente nada de imagens. Então vez ou outra recebo emails de pessoas querendo saber se não tem plugin pra otimizar as imagens (recomendo dar uma lida nesse post, em inglês, sobre o Google PageSpeed).

Você vai encontrar vários plugins para o WordPress que faz isso, mas não recomendo eles para otimizar imagens.
Otimizar imagens automaticamente é igual usar o tradutor do Google. Ajuda, mas não é perfeito.
É claro que facilita a vida, mas se você usar um plugin que faz isso automaticamente, uma ou outra imagem vai ficar com qualidade ruim e você terá que sair arrumando manualmente, isso se o plugin permitir que você faça isso.

O ideal é você tirar um tempinho pra editar suas fotos em um editor como o Photoshop, antes de colocar elas no site. Assim você deixa do tamanho que quer e salva com a qualidade que achar melhor.

E não fique na neura porque o Google está dizendo que precisa otimizar até aquelas imagens que você já otimizou, ou aquelas dos banners de publicidade do Google Adsense (Sim! Já vi ele fazer isso várias vezes!). Otimiza o máximo que conseguir, deixando na qualidade que considera melhor, com tamanho em pixels aceitável e pronto. Novamente, leia esse post, em inglês, sobre o Google PageSpeed.

Diferença de uma imagem original e uma imagem otimizada

Peguei uma imagem no unsplash.com para ilustrar pra vocês a diferença depois de otimizar a imagem

A imagem estava com 2000×1500 pixels e 515KB.
Depois de otimizada a imagem ficou com 700×525 pixels e 61,7KB.

O tamanho 700 pixels de largura foi o que escolhi quando otimizei a imagem.
Você pode escolher o tamanho que desejar, e logo o peso em KB varia de acordo com a imagem e o tamanho em pixels.

O tamanho ideal para imagens em um site depende de como o site foi feito e para quê é esse site, mas posso dizer que uma imagem maior que 1920 pixels de largura é exagero na maioria dos casos.

Para terem uma ideia, o monitor que trabalhamos tem 1920 pixels de largura. É possível encontrar monitores com resoluções maiores que isso, mas acredito que somente quem trabalha com edição de imagens e vídeos (e talvez os gamers) terão um monitor desses. E mesmo assim, nem todos os sites tem as imagens ocupando 100% da largura da tela.

As fotos que você tira com o celular provavelmente tem um resolução maior que 1920 pixels de largura. A maioria dos celulares hoje fazem fotos com uma resolução grande. Então não é recomendado você tirar a foto no celular e jogar ela no post do blog daquele jeito, sem otimizar. Não é porque o celular é um aparelho pequeno, que a foto está pequena e otimizada.